Aos cuidados de Jack Springer apenas. Confidencial.

Cheguei a Kilmaresh há cerca de uma semana e tenho viajado por essa maravilhosa e vasta terra desde então. Espanto e admiração têm sido meus companheiros constantes pois este lugar é realmente outra coisa. No entanto, eu também sinto isso. O mal está devorando lentamente a vida e a alma de Kilmaresh. Então meu tempo é curto para que minha ajuda seja necessária aqui. Neste exato momento, estou tentando reunir provas para desmascarar um traidor que está consorciando com o culto proibido de Fafnar. Esses cultistas se transformaram em uma ameaça real. Eles estão corrompendo os corações de mais e mais criaturas vivas aqui.
Os tempos em que vivemos, Jack, são turbulentos e caóticos. Quando deliciosas baladas durante uma performance de teatro não apenas enviam a platéia ao êxtase, mas também poderosos demônios a esse reino, você sabe que alguém está tecendo uma rede de mentiras para atacar vítimas inocentes.

Em anexo a esta carta, eu lhe envio alguns dos meus humildes esboços e anotações sobre Kilmaresh para que você possa encontrar algumas pistas para as respostas que você está procurando.


Mais de mil anos atrás, Kilmaresh formou uma massa de terra contígua com Krailos e Oramond. Foi habitado por uma civilização humana que estabeleceu um império próspero. Eles construíram grandes cidades, se engajaram em navegações avançadas e mantiveram um alto nível científico, arcano e cultural.

As pessoas deste antigo império adoravam os dois deuses do sol, Suon e Fafnar. Eles deram grande importância ao fato de que o culto de ambas as divindades estava sempre em equilíbrio. Infelizmente, chegou uma época em que um grupo de seguidores de Fafnar se tornou cada vez mais influente e agressivo até postularem a adoração exclusiva de Fafnar. Isto resultou em uma guerra civil entre os seguidores de Fafnar e aqueles que lutaram pela dualidade dos dois deuses do sol. Em última análise, a guerra foi encerrada pelo próprio Suon. Ele se separou da península oriental da parte ocidental da massa de terra por um estreito, destruindo a antiga capital Nuur. Este evento tem sido conhecido como a Ira de Suon desde então.

Os Anuma assumiram o controle de Kilmaresh para evitar que os humanos causassem um desastre de novo e, assim, um novo império surgiu. Os Anuma são seres mágicos que, segundo a lenda, foram criados pelos deuses do sol: esfinges, lamassu, grifos e manticores. Antes da Ira de Suon, eles mal haviam mantido contato com o antigo império. O Anuma estabeleceu várias leis para o novo império que todos os humanos tinham que cumprir. Uma sábia esfinge, lamassu ou grifo tem assumido o papel de imperatriz ou imperador desde então. Atualmente, uma imperatriz esfinge governa Kilmaresh com sabedoria e benevolência.

Sphinxes têm um corpo leonino, grandes asas de penas e cabeças humanas, com seus rostos sendo uma mistura de humanoide e felino. Elas são altamente inteligentes e supostamente imortais.

Manticores são criaturas ferozes, com o corpo de um leão, um rosto humano, asas de couro e uma enorme cauda de escorpião. Eles são predadores letais que têm preferência por carne humana.

Lamassu tem o corpo de um touro, asas de penas e uma cabeça humana. Eles são benevolentes em relação aos humanos – a menos que você perturbe a paz de lugares sagrados ou cemitérios. Neste caso, eles podem ser muito implacáveis.

Gryphons têm o corpo, cauda e pernas traseiras de um leão, mas as patas dianteiras, cabeça e asas de uma águia ou falcão. É dito que, de todas as Anuma, o deus do sol Suon amava os grifos, enquanto a sua irmã selvagem, Fafnar, favorecia as manticoras. Em casos muito raros, um grifo forjará um vínculo com um humano que ele considera digno. Se isso acontecer, o grifo concordará em levar o mortal nas costas.

Depois da Ira de Suon, a adoração de Fafnar foi banida e proibida. No entanto, ainda não havia unidade entre os humanos de Kilmaresh. Alguns agora exigiam a adoração exclusiva de Suon, enquanto outros insistiam que sempre deveria haver uma dualidade divina. Eles consideravam a deusa do mar Bastesh a verdadeira nova irmã de Suon. O Anuma interveio para impedir novas lutas religiosas. Eles decretaram que ambos – o único culto de Suon ou Bastesh, bem como a adoração de ambos os deuses juntos – deveriam ser permitidos. Apenas a adoração de Fafnar permaneceu proibida. No entanto, um culto Fafnar sobreviveu nas sombras e espera o retorno do Sol Selvagem por séculos.

No passado, numerosos ogros escravizados viviam em Kilmaresh, mas os Anuma os libertaram depois da Ira de Suon e levaram a maioria deles para Krailos. Uma única tribo ainda vive ao norte da cidade arruinada Nuur.

Como Krailos, Kilmaresh tem um clima quente e seco. As temperaturas são muito altas, especialmente no verão, e não chove muito. No entanto, a ilha não é atormentada pela falta de água que encrusta os lagos e rios de Krailos com sal. Há o grande rio Nykri, que nasce nas montanhas e suas margens são muito férteis. Portanto, a capital Issavi foi construída em sua bifurcação. Além disso, há sempre oásis na estepe, que abrigam pequenos assentamentos ou estações para os viajantes.

A leste do estreito que separa Kilmaresh de Krailos, existem principalmente regiões de estepes secas. No centro da península encontra-se uma grande cadeia de montanhas e sempre se descobrirão pequenos oásis e túmulos espalhados pela estepe. Além disso, existem muitas formações rochosas, permeadas por um raro minério azul, o Tagralt, que tem propriedades mágicas e não pode ser encontrado em nenhum outro lugar de Tibia.

Issavi é uma cidade esplendorosa, com magníficos templos, palácios e prédios do governo, de cinco a seis andares de altura e construída em etapas. Os edifícios são feitos de pedra sólida, principalmente de arenito bege-amarelo e parecem maciços e ousados.

Uma das características que definem a paisagem urbana são as cores vermelho e azul. Vermelho ou laranja representa o deus sol Suon e azul a deusa do mar Bastesh. Estátuas destas duas divindades podem ser encontradas em muitas partes da cidade, bem como em retratos de Anuma. A cidade tem um grande mercado, bem como pequenas lojas no andar térreo de algumas casas. No geral, Issavi é próspera, animada, limpa e imponente.


Apresse-se, meu amigo! Em breve vou em direção a ilha terrível que você mencionou na sua carta. Eu já posso sentir o olhar mortal da Cobra em mim.

Até nos encontrarmos novamente,
Amaro


Imagens adicionais


TL;DR

Alerta de spoilers!
  • Kilmaresh é uma larga área nova com novos locais de caça e criaturas. Consiste em 5 sub-áreas exploráveis.
  • Além de um templo, a capital Issavi oferece a maioria das características de uma cidade normal, incluindo 6 novas casas alugáveis e 1 nova guildhall.
  • Existem várias questlines em Kilmaresh que irão familiarizá-lo com a história e a situação atual do lugar. Para completar as missões, você precisa explorar a nova área, resolver enigmas e quebra-cabeças e enfrentar novas criaturas e chefes.
  • Um novo outfit (Tomb Assassin) e uma nova montaria (Gryphon) podem ser obtidas.
Perguntas e Respostas com CM Mirade

Qual a faixa de level desta nova área?

A dificuldade de novos monstros na atualização está próxima dos falcões. Para aceitar a quest principal (primeiro teaser), o nível 250 é necessário.CM Mirade
Encantador! Obviamente, tem uma vibe agradável de Ankrahmun. Qual foi a inspiração? Ank era fortemente antigo-Egito, estou recebendo algumas vibrações assírias, babilônicas aqui?
De fato, a antiga Assíria e a Babilônia foram uma inspiração para Kilmaresh e Issavi.CM Mirade
Devemos esperar apenas novas criaturas fora dos muros?
Haverá também algumas criaturas já existentes, mas principalmente novas.CM Mirade
Você está dizendo que é uma grande área, mas a própria cidade parece pequena (6 casas?).
A cidade não é pequena, como você pode ver no mapa.CM Mirade
Existe nível mínimo que você precisa para acessar a cidade?
A cidade também pode ser acessada mesmo que você não atenda ao requisito de nível para a quest principal.CM Mirade
Que equipamento podemos antecipar?
Não há spoilers sobre isso ainda.CM Mirade
Quando o test server será iniciado e a atualização será implementada?
Compartilharemos essas informações na seção de notícias no devido tempo.CM Mirade

(Caso ela responda mais perguntas, atualizaremos aqui. Fiquem ligados!)

DEIXE UMA RESPOSTA

Favor comente aqui!
Favor insira seu nome aqui

Comentários
  1. Flea
    Essa sequência de teasers apenas demonstra a mais completa desconexão da CIP com o jogo e sua comunidade. Existe um sem número de mudanças EXTREMAMENTE necessárias. Seja em QoL, seja em balanceamento do jogo. Entretanto, a empresa segue ignorando completamente todos esses pontos.
    A insatisfação dos jogadores é clara, e isso se reflete nos números de jogadores online, . O jogo não atrai novos jogadores, se ela perder mais por conta disso, o caminho é ruim.
    Enviado de meu SM-G930F usando o Tapatalk

    Fonte: times new roman.
    Essa informação é totalmente falsa, o tibia não só mantém uma taxa bem estável de player ao decorrer dos anos, como parece estar aumentando um pouco recentemente, em meados de 2015 com aquela onda de ataque ddos, até aquela época que precisava usar uma vpn pra poder logar no jogo pois bloquearam algumas rotas, o jogo parecia que teria seu fim próximo, mas ai resolveram o problema, acabaram com as compensações e deram prazo nas restantes, ai o jogo começou a andar.
    Nessa época tinha em media 12k de players, e caindo, depois que arrumaram tudo e vieram updates melhores ficou em 14k~, esses dias mesmo a noite que é o horário que a maioria joga tava batendo 15,7k de players, sem evento nenhum, e dia de double xp bate 20k de players. Se ele fosse listado na steam estaria entre os 50 primeiros em número de online, nada mal...
    ----------------------------------------------------------------------
    Sobre o update, teve muitos patches técnicos, faltou mais conteúdo, e apesar do pessoal reclamar das mecânicas batidas de hunts, quests, pros hls é sempre bom ter um respawn novo de caça, pois apesar de o tibia ser imenso, é impossivel que haja hunts pra todos os hls de um mundo.
    Apesar de não ter sido adicionada, fico pensando se essa ordem dos Lion será mais op que os falcon, visto que o leão é o rei da selva, :D.
    Sobre as armas de knight, realmente tem uma certa vantagem pra sword, se eu começasse a jogar hoje escolheria sword com certeza.
    Vou fazer meu balanço geral após o final dos Teasers:
    Temos, novamente, uma questline que segue o padrão que foi adotado já há alguns anos, com a introdução da Ferumbras' Ascendant. Um formato massante, utilizado à exaustão, e que a maioria dos players anda bem de saco cheio. Isso é um ponto negativo bem grande, apesar deu ter alguma esperança que possam vir boas dungeons como locais de caça. O duro é a penca de novos bosses de lever, que fatalmente levará a um boss final de alavanca.
    O Cobra Bastion é o Falcon Bastion, no maior ctrl c + ctrl v que eu já vi nesse jogo, e isso é nojento. Demonstra que a CIP precisava colocar conteúdo, mas faltava tempo, então, recorreram a isso.
    Kilmarish parece legal, porém, apenas 6 casas é beeeeem decepcionante, ainda mais quando falamos de uma cidade nova, uma capital, que deveria ter bem mais casas para serem alugadas. O mapa também não é animador, e tenho receio de vir uma nova Krailos. Mas eu vou esperar antes de criticar.
    Sobre as features do cliente: 3 teasers poderiam ser condensados em 1.
    No geral, pelos teasers: é um Update 3/10. Bem fraco. Vamos ver se mudo de opinião após o Test Server.
    Tava esperando esse último "teaser" pra expor meu ponto de vista.
    1º e 2º - Lore, criaturas e áreas novas
    A única vantagem que vejo é a possibilidade de "hunts" novas pra galera mid lvl (250-500).
    De resto a mesma fórmula batida (área nova + algumas criaturas + boss de lever + outfit de quest), inclusive com a "cópia" do summer update do ano passado (mas isso não é novidade, já que há tempos a equipe vem reutilizando até os sprites das criaturas).
    Com exceção dessa mecânica de levers (que pra mim já encheu o saco), o restante até seria tolerável se tivéssemos a adição de um conteúdo de verdade e se o restante do mesmo estivesse equilibrado (tem dezenas de áreas e criaturas mais antigas praticamente inúteis no jogo).

    3º - Itens novos

    Aparentemente adicionaram duas espadas novas aumentando ainda mais o desequilíbrio entre os tipos de armas dos knights.
    Quanto aos status dos itens e tudo mais, só com o test server pra ter uma posição.
    4º, 5º e 6º - Mudanças técnicas
    Do meu ponto de vista essas 3 mudanças poderiam ser feitas em patches e ai reside minha insatisfação. Óbvio que são melhorias, mas é muito pouco para o summer update.
    Temos um problema sério de queda de FPS (relacionado principalmente ao lixo), o bestiário poderia ser refinado (com a indicação dos ataques das criaturas liberadas), mudanças no sistema de guilda, balanceamento de vocações...
    Enfim, só posso dizer que estou decepcionado com este update, que os CM's estão desconexos com a comunidade e que a equipe de desenvolvimento não joga o Tibia.