Enquanto estava no escritório da agencia de correios em Edron, Snoopy Moony ouviu algumas pessoas falando sobre spirithunters.. Essa palavra chamou sua atenção imediatamente. Estava desesperada por uma nova aventura. Ela começou a ouvir a conversa, ansiosa para descobrir mais. Quando então ouviu os estranhos falando sobre o seu bom amigo Spectulus e suas idéias loucas, ela sabia exatamente onde iria depois. Ela estava certa de que Spectulus iria abrir o bico se ele realmente estivesse em um novo projeto.

…Animadamente, subiu as escadas da academia de magia até o escritório de Spectulus e, antes que ela pudesse abordar o assunto, ele a cumprimentou como se ele já estivesse esperando-a: Ah, olá novamente, Snoopy Moony! Ainda tenho uma ou duas outras missões para você. Há também algumas tarefas que alguém precisa realizar.

Confusa, ela pediu que continuasse, e ele a convidou para fazer uma pesquisa científica. Isso não parecia muito atraente no início, mas quando ele perguntou: Você não tem medo de fantasmas, certo?, sentiu-se aliviada. Isso parecia realmente como uma nova aventura, que estava bem à frente dela.

Quando o Spectulus perguntou se poderia explicar pelo menos três dos seguintes termos: infestações, aparições coletivas, segregações ectoplasmáticas, fenômenos de campo ecto-mágicos, subconsciente neuro-especulativo de espíritos, fantasmas e/ou ghasts, ela disse que sim sem ao menos consultar seu cérebro primeiro. Queria ser designada para essa nova tarefa e não queria que nada entrasse em seu caminho.
Agora, no entanto, essas palavras ressoavam em sua cabeça, e ela sentiu um pouco de pânico começar a aparecer. A maioria desses termos não significava nada para ela. Suas inseguranças estavam aumentando. O que seria esperado dela? Espero que eu possa completar as tarefas, ela se preocupou.

Spectulus parecia satisfeito com a confirmação inicial: Excelente! Você faz? Muito interessante!, disse ele. Devemos definitivamente discutir a reencarnação real da alma de esporos super luminescentes que presenciei recentemente em condições laboratoriais. Tenho certeza de que você ficará satisfeita ao ouvir que as fontes mágicas influenciam o psi, oh, desculpe, me deixei levar pela ansiedade. Phew! Digamos que mal posso esperar!

Spectulus explicou que ele e Sinclair começaram a trabalhar juntos para descobrir mais sobre fenômenos tão complexos como fantasmas. O que ele disse, soou curioso: não só explicaremos – como vamos “removê-los”. No começo, precisamos descobrir mais sobre fantasmas em geral. Eu ainda preciso de mais informações e valores para calibrar adequadamente a orientação mágica dos atratores de faísca laranja e turquesa, que precisamos para realmente conter as emissões fantasmas. Então, você está nessa?, ele perguntou e Snoopy concordou, embora ela não tinha certeza de mais nada. Suas palavras foram direto para sua mente. Após sua confirmação anterior sobre seu conhecimento, no entanto, ela não sentiu como se pudesse recusar o convite.

Sem perceber sua incerteza, Spectulus entregou-lhe com alegria uma varinha que ele chamou de medidor de espírito, pediu-lhe que não a quebrasse e enviou-a para o cemitério em Edron. Ela olhou para o item que acabara de receber, e deu a Spectulus um olhar questionador. Ele explicou: é um espectroscópio modificado. Nós descobrimos rapidamente como melhorar o campo mágico em torno de cristais comuns para absorver e refletir o tipo e quantidade de energia, todos os tipos de emissões. Atualmente, nosso objetivo é calibrar e afinar a ressonância.

Sem ter certeza se isso realmente explicou qualquer coisa, ela não se atreveu a incomodar mais Spectulus. Sentiu-se pressionada por fingir que realmente tinha entendido o que ele acabara de dizer. Então, ela decidiu simplesmente ir ao cemitério. Sabia onde estava localizado e o que esperar lá. Ela encontraria toneladas de ghouls e esqueletos. Pouco tempo atrás, isso a teria assustado, mas ela ganhou confiança ao mesmo tempo que conseguiu lidar com eles e não representaria qualquer ameaça para ela. Ficou aliviada de que essa parte da aventura não parecia ameaçadora à sua vida, pelo menos. Ela ainda não sabia o que fazer com este medidor de espírito, mas simplesmente esperava ter uma ideia depois que chegasse lá…

Já havia matado vários ghouls e esqueletos antes de começar a pensar mais sobre sua missão. Ela decidiu deixar seus instintos assumirem e simplesmente tentar. Segurou o medidor de espírito com as duas mãos, apontou-o para uma lápide e tentou usá-lo, como ela geralmente usa sua vara. Quando nada aconteceu, ela colocou um pouco mais de força nele. O que aconteceu depois parecia meio grosseiro. Uma substância incrivelmente viscosa saiu de cada fenda na velha lápide e começou a atacá-la! Ela rapidamente matou aquele limo escaldante. Surpresa por isso, e ainda um pouco sem fôlego, tentou novamente. E de novo. E de novo. Toda vez aconteceu a mesma coisa.

Ela não estava certa se isso era realmente o que o Spectulus queria que ela descobrisse, mas parecia importante e estranho o suficiente, até que decidiu informá-lo de suas descobertas. Feliz por ter conseguido alguns resultados pelo menos, montou Truly Dooly e deixou aquele lugar terrível…

Deixe-me ver o medidor de espíritos, disse Spectulus. Hmmm… essas são notícias graves que você traz – uhm, você sabe o que quero dizer. Mas isso é incrível! Agora eu sei com certeza que a calibração é apenas algumas rajadas curtas de energia magicamente melhorada.
Sem saber se o túmulo (NT.: grave em inglês) foi um trocadilho proposital ou não, ela decidiu ficar quieta. Não sabia se Spectulus estava realmente satisfeito. Ele a convidou para ajudar ainda mais na pesquisa, e isso foi um alívio. A enviou com destino a Sinclair, para obter uma gaiola espiritual com objetivo de coletar a essência de um fantasma comum para análise posterior.
Snoopy, ainda se sentindo sem ideias, ouviu com gratidão as explicações que Sinclair ofereceu, depois de ter trabalhado um pouco com esse estranho dispositivo que ele mostrou: a gaiola de espíritos, é uma versão portátil e segura da câmara espiritual. Você pode mudar sua posição enquanto estiver ativo. A barreira mágica é infinitamente menor e mudará de acordo. No entanto, ele só pode conter um número limitado de espíritos ou fantasmas. A gaiola espiritual foi calibrada com base em alguns testes que fizemos – assim como suas descobertas recentes no cemitério. Usando o dispositivo nos restos de um fantasma logo após sua derrota, deve capturá-lo dentro dessa armadilha. Poderíamos então transferi-lo para a nossa câmara espiritual, que de fato é uma barreira mágica. No início, no entanto, precisamos que você encontre um espécime e traga-o aqui para testar a capacidade do dispositivo. Você está pronta para isso?

Ela confirmou, perguntando-se onde encontraria um fantasma, mas aliviada por ter compreendido claramente sua tarefa. Tinha ouvido rumores sobre navios fantasmas e pensou sobre isso, mas como você procura um navio fantasma? Ela nem sabia se esses rumores eram verdadeiros, então ignorou essa ideia.
Embora nunca tenha visto um quando estava lá, ela ouviu falar que os fantasmas tinham sido vistos nas ruínas assombradas de Drefia em Darama. Algumas pessoas disseram que eram as almas dos ex-habitantes. Mesmo que isso fosse apenas uma espécie de papo de taberna, também, Drefia parecia o melhor plano.

Ela começou a se preparar. Se certificou de que tinha poções, runas, dinheiro e, claro, também comida o suficiente. Ela pulou no Truly Dooly, e foram embora. Eles pegaram o tapete mágico para chegar a Darashia, passaram pelo deserto até chegar às montanhas ao oeste, a qual ela sabia que tinham que atravessar. Durante a jornada, pegou seu livro de magias para estudar um pouco. Estava nervosa demais. Sabia como chegar a Drefia, mas nunca tinha cruzado esse complexo de montanhas sozinha. Também estava muito assustada com os demon skeletons. A última vez em que ela esteve em Drefia com alguns amigos, quase a mataram. Já tinha mais experiência agora, então deveria poder se defender contra eles, esperava ela. Só precisava manter-se focada e concentrada.

Depois de algum tempo em Drefia, ela começou a se sentir mais confiante. Matou ghoul após o ghoul, skeleton warrior após skeleton warrior, demon skeleton após demon skeleton e tropeçou em tantos sandcrawlers que ela finalmente perdeu todo o seu medo e ficou impaciente. Até viu um zumbi, mas nenhum fantasma ainda. Ela queria sair desse lugar quente e horrível. Deve haver fantasmas em algum lugar. Se não aqui entre todos esses seres mortos-vivos, onde então?, pensou. Ela até começou a temer que os fantasmas nem existissem e que Spectulus e Sinclair realmente ficaram loucos como as pessoas do escritório de correios disseram.

Mas então, quando ela foi mais para o oeste, de repente viu uma sombra branca transparente no canto de seus olhos, escondendo-se em uma das ruínas. Imediatamente percebeu que finalmente havia encontrado um fantasma! Ela observou por um tempo, e depois se aproximou cuidadosamente de seu alvo, limpando silenciosamente a área em torno dela, de modo que tivesse espaço e tempo suficientes para usar a gaiola espiritual sem se colocar em perigo desnecessário. Pegar um fantasma acabou por ser uma tarefa tediosa, mas conseguiu. Quando usou a gaiola, uma luz brilhante saiu de seu interior e arrastou toda a energia restante do fantasma para dentro dela.

Orgulhosa e aliviada de poder finalmente deixar aquela área quente, voltou para casa. Esta terra deserta não era para ela. Estava ansiosa para os prados verdes e exuberantes em torno de Edron e estava mesmo ansiosa para a brisa fresca e úmida dentro das paredes do castelo…

Quando Sinclair perguntou se ela realmente havia capturado um fantasma, notou um pouco de descrença nos olhos dele. Então, seu orgulho cresceu de vez. Ela decidiu engolir e segurar todas as queixas sobre essa tarefa que ela havia listado em sua mente, na sua longa viagem de volta. Ela entregou a gaiola como se tudo isso tivesse sido fácil como fazer uma torta.
Sinclair pegou a gaiola dela e transferiu a essência do fantasma diretamente na câmara espiritual. Você realmente nos ajudou desvendar isso. Obrigado Snoopy Moony!, disse ele. Eu duvido que teremos tempo para buscar novos espécimes em um futuro próximo. Se você gostou, pode continuar ajudando a encontrar e capturar mais fantasmas diferentes.

O maxilar de Snoopy Moony caiu. Então, um spirithunter realmente é alguém que caça fantasmas? Sentiu-se um tanto estranha – não imaginou isso. O título parecia tão legal e excitante. Lembrando o quão horrível ela sentiu-se em Drefia e quanto tempo levou a detectar um fantasma, ela rapidamente disse: Bem, muito obrigado pela oferta, Sinclair! Eu vou ter que pensar sobre isso, no entanto. Por enquanto, Truly Dooly precisa de alguma atenção, eu – uhm – voltarei em algum outro momento!

Sem esperar por uma resposta, subiu as escadas e correu em direção a Stonehome. Sem a visão da academia de magia, ela se deixou cair no suave prado verde e fresco, abraçou a terra e ficou muito feliz por voltar a casa. Spirithunter. É.. título legal. Para outra pessoa!, pensou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Favor comente aqui!
Favor insira seu nome aqui