Tibicus estava sentado na taverna do Frodo, lendo a carta amassada várias e várias vezes, traçando cada palavra com seu dedo indicativo. Não importava quantas vezes ele lesse a carta, o número não mudava: 400 milhões de peças de ouro.

Ele já havia passado por Naji para verificar seu saldo bancário, que o fez chegar a uma conclusão: ele havia gastado 95% de seu lucro de caçadas nesse bar. Mesmo se ele não tivesse gastado os outros 5%, ele sequer teria dinheiro próximo da quantia para pagar o resgate.

Ele procurou freneticamente em suas caixas do depósito, até mesmo na última mochila que ainda cheirava a Rookgaard, a fim de encontrar quaisquer moedas de ouro escondidas. Quando ele tentou vender algumas de suas coisas, descobriu que o Mercado já estava afogado em produtos baratos. Ele procurou pelos itens mais caros e percebeu que a maioria das ofertas de venda havia sido colocada por pessoas conectadas a Beefo de alguma forma.

Amaldiçoando sob sua respiração, percebeu que ele não seria capaz de caçar nas áreas mais lucrativas; ele não teria tempo de lidar com Beefo e sua gangue, que estavam obviamente acampados nessas áreas. Se ele tivesse tempo, investigaria o porquê desses covardes quererem tanto ouro.

A situação era desesperançosa; Tibicus teria que dizer adeus à ideia de vender seus pertences no mercado. Com os preços como estavam, ele não conseguiria nem fração do resgate.

Seus conhecidos e seus supostos amigos que estavam no depósito também não foram muito solícitos. Também, quem poderia culpá-los, considerando os preços no mercado? Em outras circunstâncias, ele teria comprado todos os itens que sua conta bancária permitisse apenas para vende-los depois  àqueles preços, era algo impossível de se fazer.

O que mais o irritava era não conseguir contatar os membros de seu grupo. Tabea, Emilio e Fridolin pareciam ter sumido da face de Tibia.

“Tibicus, você é um homem de ação! ”. Ele tentou se motivar e começou a verificar seu quest log a fim de descobrir alguma atividade que pudesse dar algum lucro.

Logo ele percebeu que tinha de pouca a nenhuma experiência em caçadas solitárias; desde que conseguia se lembrar, Tibicus era membro de um grupo de caçadas e cresceu junto ao time com os desafios. Agora, ele estava sozinho e teria que encontrar seu caminho sozinho.

As coisas haviam mudado muito desde que ele se tornou capaz de imbuir seus equipamentos; tornaria tudo muito mais fácil se ele tivesse produtos de criatura suficientes para uma longa sessão de caça. Ele verificou seus imbuimentos, e eles mal possuíam cinco horas restantes. “Certo… Essa caçada precisa ser extremamente eficiente. Eu só posso esperar que a Colmeia não esteja lotada e que esses insetos mutantes tenham algumas raridades para mim ”.

Tibicus não queria ir lá, mas precisava. Ele não queria encher sua mochila com poções de cura e de mana; ele não queria ficar até os joelhos em meio a icor enquanto gafanhotos e vespas super crescidas tentavam perfurar sua armadura. Da última vez que enfrentou um Waspoid e ele o picou em sua coxa, Tibicus fora nocauteado pelo veneno por quase 10 dias e ficou incapaz de colocar uma peça de armadura na área inchada por um mês.

Quando ele finalmente terminara de se preparar e dirigiu-se para o navio, ele olhou através de uma das janelas abertas das casas em Thais; em um dos quartos, ele viu um terrário com pequena aranha emergindo alegremente de sua pedrinha. “Oh, se você fosse maior e mais forte… Essas criaturas seriam um banquete para você ”. Ele pensou. Tibicus continuou a caminhar em direção ao porto quando, de repente, ele teve uma epifania.

“Espere um pouco! ”. Ele pensou. “Desde que trouxemos Yielothaxes para os dormitórios de Beefo e sua gangue, eles evitam as criaturas a todo custo. Se me lembro corretamente, Quentin os diagnosticou com aracnofobia pós-traumática depois que passaram por nossa pequena brincadeira ”. Tibicus sorriu. “Aposto que lá é um local onde poderei caçar em paz e, quem sabe, poderei ser capaz de matar uma dessas criaturas perigosas para enfrentar o Mago Enfurecido! Oh, eu vou vencê-lo, pelas luzes vivas do dia! Quando eu tiver terminado, ele implorará para que eu pegue seu cajado elemental! ”.

O humor de Tibicus melhorou imediatamente; no caso improvável de encontrar um cajado elemental, ao menos parte de suas preocupações com dinheiro estariam resolvidas. Ele sabia que era altamente improvável que ele conseguisse esse item, mas, em tal situação desesperadora, era o melhor que ele poderia esperar. Euforicamente, ele zarpou para Zao.

DEIXE UMA RESPOSTA

Favor comente aqui!
Favor insira seu nome aqui